8 dicas de marketing digital que seus concorrentes provavelmente não sabem

Você acha que a presença on-line da sua empresa não é competitiva? Muitas vezes, as pequenas empresas não têm a oportunidade de contratar especialistas em marketing digital, que podem ajudá-las com estratégias de marketing, melhorar sua presença na Internet e acompanhar os últimos desenvolvimentos no setor.


Mas quais são as dificuldades do pequeno empresário quando ele aparece no mundo da web.


Quais são as melhores estratégias a serem seguidas?


1 . MUITAS COISAS PARA LIDAR




A multiplicidade de intervenções necessárias leva os pequenos empresários a lidar com muitas coisas, cometendo um erro grave, ou seja, fazendo tudo de uma vez sem ter as habilidades necessárias.

Configurar diferentes contas de mídia social, uma campanha PPC ou até mesmo lidar com artigos de blog corporativos sem o conhecimento adequado é um erro que pode influenciar negativamente a presença on-line da sua empresa.

Ao entrar no mundo da internet, foco e constância devem ser os principais objetivos.

Foco : se você tentar lançar várias campanhas ao mesmo tempo e não possuir o conhecimento necessário, terá dificuldade em determinar quais campanhas de marketing estão sendo bem-sucedidas.

Constância : é a palavra-chave para fazer seus negócios decolarem.

  • Ser consistente com as mídias sociais o ajudará a encontrar muito mais seguidores.

  • Ser consistente com o blog ajudará a criar uma base de clientes fiéis e transformar clientes em potencial em clientes fiéis.

  • Ser consistente com as tentativas de SEO significa economizar a longo prazo, não depender apenas de publicidade paga.

2. ENCONTRE O CANAL DE MÍDIA SOCIAL MAIS ADEQUADO


Qualquer pessoa que possua uma pequena empresa sabe que a presença nas mídias sociais é essencial.

Muitos tentam deixar de ser invisíveis para estar presentes em todos os lugares e no mesmo período de tempo. Para a maioria das marcas, esse é um erro fatal.

Como proprietário de uma pequena empresa, seu objetivo deve ser encontrar seu lugar nas mídias sociais. Isso significa que você deve se concentrar inicialmente em algumas plataformas de mídia social nas quais você já possui uma base de usuários.

Após criar uma estratégia de marketing de plataforma analisando suas estatísticas, você pode estudar outras plataformas nas quais promover seus negócios.

Por exemplo, se você não tem a interação esperada no Instagram, deve se concentrar em uma plataforma em que o envolvimento e a interação com clientes em potencial sejam maiores!

O objetivo é encontrar plataformas de mídia social que ofereçam o mais alto nível de interações (curtidas, compartilhamentos e comentários) e publicar postagens constantemente para criar uma base de usuários fiéis.


3. MARKETING DE INFLUÊNCIA


O Marketing de influência é um tipo relativamente novo de marketing no setor e provavelmente muitos de seus concorrentes ainda não ouviram falar dele!

O Influencer Marketing pode ser uma ferramenta muito poderosa, se manuseado corretamente.


É um tipo de marketing em que o foco está nos influenciadores, e não no mercado de referência como um todo. É uma forma de marketing baseada em pessoas que têm uma ascensão sobre os clientes em potencial. Em vez de fazer marketing diretamente para seu público-alvo, você está pagando pessoas influentes em seu setor para promover seus negócios.

Quando se trata de usuários de mídia social, os influenciadores são basicamente as referências mais fortes que sua empresa pode ter.

Por exemplo, uma pesquisa de Viés Coletivo mostrou que 30% dos consumidores têm maior probabilidade de comprar um produto recomendado por um blogueiro. Portanto, é necessário procurar possíveis influenciadores em seu nicho de mercado para interagir com eles e melhorar a visibilidade da sua marca nas mídias sociais.

O que há de errado com os pequenos empresários?

Muitos proprietários de pequenas empresas pensam que as postagens de convidados são a melhor maneira de obter backlinks e aumentar o tráfego no site. Na realidade, é uma técnica que deve ser usada com cautela, pois o Google já penalizou esse tipo de prática em várias ocasiões, punindo sites que abusam dele.

Isso não quer dizer que os blogs convidados sejam uma prática ruim, se é que é o contrário! Deve-se tomar cuidado para não usar técnicas de spam, a fim de buscar objetivos claros:

  • Promova a marca.

  • Construindo credibilidade confiando nos gigantes do setor.

  • Colabore com outras comunidades.

4. NÃO SUBESTIME A IMPORTÂNCIA DE TER UMA LISTA DE DISTRIBUIÇÃO


Uma lista de discussão é provavelmente um dos recursos mais eficazes e responsivos que você terá disponível.

  • Eficácia – A empresa de software de CRM Hatchbuck descobriu que os clientes que compram produtos por email gastam 138% a mais!

  • Responsivo – De acordo com o Quick Sprout, os assinantes das listas de discussão têm uma probabilidade três vezes maior de compartilhar conteúdo nas mídias sociais!

Ao contrário dos seus seguidores nas redes sociais, você é o proprietário da sua lista de e-mails.

É claro que ter uma forte presença nas mídias sociais é muito importante, mas quando se trata de transformar clientes em potencial em clientes pagantes, o email marketing ainda está entre as melhores técnicas para obtê-lo.


5. REGRA 80-20 PARA CONTEÚDO


A regra 80-20 significa que 80% do sucesso virá de 20% do compromisso.

Esta regra se aplica a tudo, inclusive ao conteúdo. Seu conteúdo pode ser apresentado de várias maneiras diferentes. Por exemplo: vídeos, seminários on-line, artigos de blog, infográficos etc.

Como a regra 80-20 se aplica?


Em suma, 80% do conteúdo deve comunicar um valor e 20% devem se concentrar em promoções. Conteúdo valioso significa conteúdo exclusivo, novo, útil e relevante que resolve problemas reais para seu público-alvo.

O sucesso da estratégia virá de 20% do seu compromisso, mas os outros 80% são necessários para guiá-lo ao seu negócio!

Muitos pequenos empresários fazem exatamente o oposto.

80% do conteúdo que publicam é dedicado a vendas e apenas 20% contêm informações úteis ou valiosas!

Benefícios adicionais de ter um blog:

  • Receba tráfego direcionado.

  • Adicione um elemento humano à sua marca, ajudando assim a aumentar a confiança e a lealdade do cliente.

  • Economia de custos e facilidade de configuração.

6. QUANDO CONFIAR NO SEO


Todos os pequenos empresários que se aventuram no mundo das dicas de marketing digital já ouviram falar em SEO. No entanto, muitos deles se afastam porque acham que é complicado e requer muito tempo e esforço.

Embora essas duas coisas possam ser verdadeiras, o SEO ainda é a melhor maneira de direcionar tráfego livre para o seu site.

Mesmo algo aparentemente simples, como o nome da empresa, pode influenciar o posicionamento nos mecanismos de busca.

De acordo com um guia local de SEO , as empresas que incluíram uma palavra-chave “forte” no nome da empresa ganham 1,5 pontos a mais do que as empresas que não.

Em vez de focar em uma estratégia de SEO de longo prazo, muitas pequenas empresas gastam o orçamento imediatamente em anúncios PPC. Falaremos mais sobre isso na próxima seção.

Quais são as áreas cobertas pelo SEO?

Existem muitos, aqui estão os principais:

  • Otimização do site.

  • Otimização das páginas do site.

  • Otimização para dispositivos móveis.

  • Criação de links confiáveis.

Existem muitas outras subcategorias, por exemplo, o uso de palavras-chave.

Investir parte do seu tempo aprendendo a implementar técnicas de SEO dará ao seu site uma melhor visibilidade nos mecanismos de busca.

E para ter uma idéia de quão importante é o SEO para a visibilidade do site, você também pode conferir as atualizações do Google. Uma atualização muito importante significa que sites que não se adaptam a vários dispositivos digitais não aparecem nos resultados de pesquisa!

Mas agora, felizmente, você não terá que aprender SEO por conta própria, porque pode contar com a equipe especializada de uma agência de SEO: a equipe WebDomus !

A contratação de um especialista em SEO ajudará você a fazer uma auditoria de SEO, ou seja, analisar como os usuários interagem com seu site e plataformas de mídia social.

Por fim, lembre-se de não esperar um aumento imediato no tráfego com o uso de técnicas de SEO; invista no tráfego pago apenas para atrair visitantes rapidamente.



7. QUANDO USAR PUBLICIDADE PAGA


Como mencionamos na seção anterior, muitos proprietários de pequenas empresas gastam a maior parte de seu orçamento investindo em publicidade paga.

É verdade, é uma ideia vencedora, já que investir dinheiro em publicidade paga desde o início permite aumentar o tráfego. Mas, na ausência de um funil de vendas e de uma estratégia de SEO de longo prazo, depender apenas do PPC para gerar as maiores vendas não precisa ser o único método de marketing digital sustentável.

O erro geralmente cometido é confundir a seguinte equação: “mais tráfego” = “mais vendas”. O único resultado será obter mais clientes em potencial sem realizar vendas. E na publicidade apenas com a estratégia PPC, na qual você paga por cada clique, isso pode ser muito caro se você não fizer conversões a partir dos cliques.

Aqui estão três etapas simples que você precisará fazer para converter clientes em potencial em vendas:

  • Crie uma oferta relevante e atraente (por exemplo, um boletim informativo ou um livro eletrônico gratuito).

  • Crie conteúdo útil para o site.

  • Crie anúncios PPC direcionados para direcionar os clientes ao site.

Lembre-se de uma das dicas mais importantes de marketing digital: o tráfego não é tudo.

É um erro esperar transformar clientes em potencial em compradores imediatos.


8. MELHORE A EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO


Melhorar a experiência do usuário (UX) é crucial para manter as diferentes estratégias de marketing juntas.

Existem várias dicas de métricas e marketing digital para medir a experiência do usuário:

  • O conteúdo do site.

  • Os canais de comunicação.

  • Uma interface de usuário intuitiva (UI).

  • A velocidade de carregamento do conteúdo do site.

  • Navegação intuitiva no menu.

  • Chatbots para auxiliar na comunicação.

  • Um tom de comunicação simples.

Para fazer as escolhas apropriadas, você precisará conhecer seu público-alvo.

Aqui estão as três principais dicas de marketing digital para se lembrar de criar uma boa experiência do usuário em 2021:

  • Lembre-se de informar e inspirar continuamente os usuários através do conteúdo.

  • Implemente uma estratégia de gerenciamento de clientes para ajudá-lo a se conectar melhor a eles. Isso ajudará você a obter feedback dos próprios clientes, fazendo com que se sintam parte da comunidade da marca.

  • Em 2018, a eficácia do marketing de vídeo continua crescendo em popularidade com o aumento da transmissão ao vivo. As plataformas populares, de fato, já adotaram a transmissão ao vivo. Considere o Facebook Live, o Instagram Stories e o Snapchat Stories para envolver os usuários.

Por fim, lembre-se de que a melhor maneira de permanecer um passo à frente da concorrência é usar e combinar corretamente as diferentes metodologias de marketing digital.

4 visualizações

© 2020 por WISM Group.

Siga a gente:

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon